CARREGANDO

Busque Aqui

Terapias Naturais

4 motivos para usar óleos essenciais

Avatar
Compartilhar

Os óleos essenciais são considerados produtos aromaterápicos. Ou seja, eles utilizam componentes totalmente naturais e oferecem bons resultados no cuidado com o corpo e com a saúde. Tudo isso acontece de forma segura se utilizado sob orientação de um profissional da saúde e respeitando as contraindicações.

Eles podem ser usados de diversas maneiras, como ao ser aplicado na pele ou no ambiente. Em alguns casos, são misturados a outros, utilizados em cosméticos e em vários tratamentos.

Mas, afinal, por que vale a pena recorrer aos óleos essenciais? A seguir, veja 4 motivos para usá-los!

1. O uso desses componentes combate e evita doenças

Por conterem princípios ativos naturais, os produtos oferecem um excelente cuidado com o corpo. O óleo de melaleuca, por exemplo, é um dos antibióticos naturais mais potentes encontrados. Além de ajudar a lutar contra dores musculares, infecções e até problemas respiratórios, também estimula o sistema imunológico.

Já o óleo de laranja evita espasmos nos músculos, serve como antisséptico e melhora a circulação do corpo. O uso dos itens certos, portanto, mantém o corpo saudável.

2. Os óleos essenciais apresentam atuação relaxante e reguladora

Esses componentes naturais ainda ajudam o corpo a funcionar da maneira ideal, já que agem como reguladores. O de olíbano é um exemplo, pois diminui o estresse, a ansiedade e evita problemas ligados à saúde psicológica.

O de lavanda é um verdadeiro aliado da aromaterapia, sendo capaz de gerar sensações como a tranquilidade e o equilíbrio. Além disso, permite regularizar o sistema hormonal, o que favorece a menstruação e o controle sobre os impactos da tensão pré-menstrual.

3. As propriedades cicatrizantes aparecem em vários produtos

O uso na pele dos óleos essenciais se justifica, entre outros motivos, pelas propriedades que apresentam. Em primeiro lugar, ajudam a deixar a cútis mais macia e hidratada por conta da absorção. Além disso, contam com ativos que favorecem a recuperação ou a proteção da região.

O óleo de bergamota é muito eficiente para quadros como furúnculos, feridas e até vitiligo. No entanto, deve-se evitar a exposição solar dentro de 12 horas. O de citronela, por sua vez, serve como repelente, desodorante e acalma possíveis inflamações da pele. Com isso, a área fica ainda mais bonita. Vale lembrar que esses óleos devem ser diluídos em creme base ou óleo vegetal.

4. O estímulo à criatividade e o bem-estar são outros resultados

Se quiser ânimo, disposição e concentração, os óleos essenciais também podem ajudar. Principalmente por meio da aromaterapia, eles garantem uma sensação refrescante e que impacta certas áreas do cérebro. Assim, dá para ter os benefícios no cotidiano.

O de alecrim é um exemplo que estimula a memória e que é capaz de aumentar a energia vital. É perfeito para reparar o corpo — e o cérebro — do cansaço em excesso. Já o de capim-limão garante uma forma de encontrar novos caminhos para demandas antigas. Como ajuda a acalmar, também amplia o foco.

Os óleos essenciais são verdadeiros presentes da natureza e repletos de boas combinações e propriedades. Usados corretamente, podem mudar o seu cotidiano e ainda ajudam a resolver diversos problemas.

Curtiu ficar por dentro dessa possibilidade? Então, curta a nossa página no Facebook e veja outras de nossas dicas!

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *